Blog

Confira nossas novidades e assine nossa newsletter!

Assine nossa Newsletter

Veja outros Posts

Gerente de Projetos nos Métodos Ágeis: Controlador ou Apoiador?

Gerente de Projetos nos Métodos Ágeis: Controlador ou Apoiador?

Muitos tem me perguntado: Como fica o papel do Gerente de Projetos nos Métodos Ágeis, atuando junto com SCRUM MASTER e o PO - Prodcut Owner ?

O PO é o cara do negócio. O SCRUM Master é o guardião do Método SCRUM. E o TIME SCRUM são as pessoas que trabalham no desenvolvimento dos produtos.

E o Gerente do Projeto? O que faz nesse novo cenário?

Antes de falarmos da figura do Gerente de Projetos, vamos ver quem são os participantes nos métodos ágeis:

Ø Product Owner

Elabora a visão do produto e gerencia o backlog do produto (Product Backlog), priorizando-o, garantindo valor, entendimento e visibilidade. Normalmente é o cliente, a pessoa de negócio.

Ø Scrum Master

É o guardião do Método SCRUM. Coach da equipe. Líder servidor. Remove impedimentos e é o facilitador dos eventos. É o responsável por garantir que todos os integrantes da equipe Scrum compreendam e sigam as regras do Scrum. Se formos fazer uma analogia, o SCRUM MASTER está mais para o PMO do que para um gerente de projetos.

Ø Time Scrum

Pessoas que trabalharam no desenvolvimento dos incrementos do produto. Equipe auto-organizada e multifuncional. Gerenciam o backlog de atividades técnicas (Sprint Backlog).

E o gerente de projetos?

Em alguns lugares onde está se adotando os Métodos Ágeis, não se adota essa figura formalmente, pois supõe se que a equipe nos Métodos Ágeis seja “auto gerenciada” não precisando de uma pessoal controlando, perguntando “E aí, tá pronto?” E com isso algumas funções acabam “sobrando” para o SCRUM MASTER, e em algumas organizações para o PO.

O fato é que a figura do Gerente de Projetos continua existindo no papel de apoiador e não de controlador. A responsabilidade total do projeto e de integração com todas as outras frentes continua sendo do Gerente de Projetos.

Portanto, o Gerente de Projetos continua sendo uma figura extremamente importante para o desenvolvimento e utilização dos métodos ágeis também, assim como em todos os tipos de projetos, principalmente nos mais complexos.

Sua expertise e participação é fundamental na organização da equipe, interface com o cliente, com os fornecedores e junto aos demais envolvidos, administrar os orçamentos, elaboração e fornecimento de status report e até administração dos conflitos.

Portanto, calma gerente de projetos. Você continua existindo e seu papel é de fundamental importância para o sucesso do projeto. Basta que a empresa defina com clareza os papéis de cada um para que tudo funcione muito bem.




E sobre as Certificações?

Cada vez mais, as altas gerências das organizações têm exigido que os gerentes de projeto comprovem suas competências e a certificação está se tornando cada vez mais importante para os profissionais que trabalham com Gestão de Projetos. Profissionais certificados têm um forte diferencial competitivo garantindo maior empregabilidade. 

E a certificação PMP continua sendo importante? Claro que sim! A Certificação PMP® - Project Management Professional (Profissional em Gerenciamento de Projetos) – é PRÉ REQUISITO PARA QUEM QUER TRABALHAR COMO GERENTE DE PROJETOS.

A CERTIFICAÇÃO PMP permite que você dê um salto na sua carreira e continuará tendo uma grande demanda dentro das organizações.

Para quem não sabe é um documento emitido pelo Project Management Institute (PMI®), com base em um exame, visando o avanço da profissão de Gerenciamento de Projetos e o reconhecimento das conquistas individuais nesta área. É a credencial profissional mais reconhecida e respeitada mundialmente no mundo de Gerenciamento de Projetos.

E sobre as certificações nos métodos ágeis?

Agora, o ideal é que além de ser PMP, o profissional de projetos também obtenha as certificações ligadas aos Métodos Ágeis, tais como: ASF – Agile Scrum Foundation, SCM: SCRUM MASTER, PMI/ACP: Agile Certified Practtioner, e outras.

É assim! É duro né?! Quando eu vou parar de estudar? Nunca! E que bom!

Eu me lembro que quando eu comecei a trabalhar meu diferencial era um “Curso de Datilografia” (talvez alguns nem saibam o que é isso). Hoje e cada vez mais o mercado é mais exigente: o gerente de projetos precisa ter MBA, ser PMP, saber falar Inglês, Espanhol, formação de TI para projetos de Tecnologia, Engenharia para projetos ligados à essa área, e agora, Certificações nos Métodos Ágeis, ainda que muitos nem saibam direito o que é. O fato é que TODO MUNDO QUER SER ÁGIL, e as empresas já querem profissionais certificados.

ÚLTIMA DICA

Sugestão< se você não conhece também sobre PM VISUAL, CANVAS de Projetos, KAIZEN e as novas metodologias que estão surgindo no mercado, para ficar cada vez mais com sua empregabilidade em alta.

Portanto, caros Gerentes de Projetos, estudar sempre! #forçagp

Espero que este artigo seja útil para você!

Bem, espero seus comentários, por favor. Me conte como é na sua empresa atuação do Gerente de Projetos nos métodos ágeis e como ele interage com o SCRUM MASTER e o PO. Certamente, é um tema que apesar de antigo, é “meio novo” na prática aqui no Brasil e todos tem muito a aprender com essa troca de informações. Então, gostaria muito de saber os pontos que você pode acrescentar com suas experiências, está bem?!

Compartilhe com sua rede de contatos para que outras pessoas também contribuam com suas experiências e assim ajude essas informações chegar até mais pessoas, ok?!

Um grade abraço e até a próxima semana!





Deixe seu Comentário

Agenda

Confira nossa programação!

Sobre

É uma empresa de Educação Corporativa oficialmente homologada pelo PMI com o selo de R.E.P. (Registered Education Provider), alinhada com o Triângulo de Talentos do Gerente de Projetos

Você também pode se interessar

Newsletter